Corrida For Fun Hoje a Noite

Magny Cours National
Amigos da AV Race!
Hoje a noite a partir das 22hs estaremos promovendo uma corrida 4Fun na Pista de Magny Cours com duas categorias na pista, os caminhões da Super Trucks e os Minis da Mini Challenge! A idéia é ver como duas categorias distintas se comportam na mesma corrida.

Todos estão convidados a participar.
O Servidor estará aberto, e podem utilizar o TS A vontade.

Um POuco de História – Autódromo Internacional de Curitiba

imagem-galeria-o-circuito01
História
Falar de velocidade significa falar em rápidas e constantes mudanças. O Brasil, país tão previlegiado em campeões, merecia um grande cenário para as novas conquistas, o Autódromo Internacional de Curitiba.

Autódromo da Década de 60 e 70
O Autódromo iniciou suas atividades em 1967, com provas de automobilismo, motociclismo, ciclismo, e eventos promocionais filantrópicos onde foram beneficiadas várias Associações, como:

Hospital do Câncer
Obras de Assistência Social do Pequeno Cotolengo “Dom Orione”
Cruzada Social Cosme e Damião à Maternidade e Infância
Alberque Noturno (da Federação Espírita do Paraná)
Alberque Nosso Lar (da Ass. Metodista de Assistência Social)

Educandário Madre Carmela de Jesus Asilo São Luiz
Associação Beneficente Abrigo ao Berço – A Pupileira
Casa Maternal Dona Paula (Berçário Menino Jesus)
Centro Tiflológico Paranaense

Em 1970 o Aeroclube do Paraná juntamente com a Administração do Autódromo promoveu o Festival de Asas e Rodas, grande sucesso de público e parte da renda foi dedicada a Entidades Beneficentes.

CEA – Centro de Excelencia em Automobilismo
O Centro de Excelência em Automobilismo Esportivo tem como marco inicial de sua história o surgimento do Autódromo de Pinhais. O qual teve o início de sua construção em 1965. Desde seu princípio teve inúmeras glorias.

Em 1969, o Autódromo sediou a 1º prova Calhambeque, e também a 2º Reunião Automobilística “Cidade de Curitiba”, além das “100 Milhas de Piraquara”.

Em 1970 tiveram destaque eventos como o “Torneio Internacional Bua de Fórmula Ford Inglesa” com a presença de Emerson Fittipaldi e outros.

Curitiba – Capital do Paraná
Do ponto de vista geoeconômico, ocupa lugar privilegiado, sendo considerada a porta de entrada para investimentos no Mercado Comum do Sul (Mercosul) composto por Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e Paraguai.

Graças à credibilidade internacional conquistada pelo Governo do Estado do Paraná, Curitiba passou a fazer parte do seleto grupo dos Centros de Produção Automobilística Mundial.

Com a sucessiva implantação de Fábricas e Montadoras de Veículos em seu Município, cria novas e importantes possibilidades de desenvolvimento relacionados ao automobilismo profissional.

O Circuíto
Obedecendo aos mais rígidos conceitos relativos à segurança, funcionalidade e à qualidade, o Autódromo Internacional de Curitiba se apresenta como referência para novo milênio.

Seguindo normas e padrões da FIA – Federação Internacional de Automobilismo, é homologado pela CBA – Confederação Brasileira de Automobilismo estando apto a receber eventos das mais variadas categorias do automobilismo mundial.

1024px-Autódromo_Internacional_de_Curitiba_track_map.svg
O Autódromo foi vistoriado por Mr. Roland Bruynseraede e Mr. Klaus Steinmetz, inspetores da FIA. Circuito misto com sete curvas à direita, quatro à esquerda e cinco segmentos de reta, sendo o mais longo com 980 metros. Totalizando 3.695 metros de extensão, 15 metros de largura, e tem desnível máximo de 4 metros. Circuito oval com 15 metros de largura ao longo de 2.550 metros de extensão

A Pista
Revestimento asfáltico reforçado com polímeros, amplas e eficientes áreas de escape, guard-rails de tres lâminas, guaritas de proteção para comissários de pista, torres para transmissão de TV estratégicamente posicionadas.

Opção desenvolvida para competições de Arrancada com reta em piso especial, torres computadorizadas, dispositivos de medição de tempos e velocidades de última geração, tela para proteção do público com cabos de aço incorporados obedecendo aos mais recentes padrões internacionais de segurança.
imagem-galeria-o-circuito06

Fonte: Autódromo Internacional de Curitiba

Equipes Super Trucks BR – Mundo Truck Racing

Estão chegando as últimas equipes para a o Carset final. Esta é a equipe Mundo Truck Racing do piloto Marcos Amaral, ele pilotará o MAN TGX nº 19

Resultado Segunda Etapa Super Trucks BR – Monza Junior

A Etapa de Monza em seu traçado Junior foi marcada por algumas estreias e também por muitos acidentes nas largadas.

No Qualify, Hugo Garcia crava a pole com 1:05.300, seguido Torres a 0.025 de diferença. Em terceiro ficou Dilay, quarto Ferreira e quinto Restanho. O líder do campeonado, Sampaio, com alguns erros ficou somente com a sexta posição.

Sinal verde para a primeira bateria, com um toque entre Dilay e Fernandez, acaba desecadeando uma batida com alguns que vem de trás, mas Fernandez se mantém na ponta com H. Garcia que não tem nada a ver com o incidente em segundo e Restanho em terceiro. Sampaio largou tão forte que acabou batendo em Ferreira na largada, tendo um pneu furado. Sa Sequencia, no final da reta oposta, apos um toque com Gilberto, teve também um pneu traseiro furado e a suspensão quebrada.
Logo na primeria volta são mais de 8 pilotos nos pits fazendo conserto nos caminhões.
Com o decorrer da corrida, Restanho começa a tirar a diferença de H. Garcia, mas com um pneu furado, H. Garcia, tem que ir aos pits e compromete sua corrida.
A primeira bateria termina com Fernandez da ponta, Restanho em segundo, V. Garcia em terceiro, H. Garcia em quarto e completando o podio, Camizão com a quinta posição.
monza_bat1

Aproveitando a inversão dos 8 primeiros, Sampaio larga na frente com Pinotti em segundo e Sobrinho em terceiro.
Logo na largada uma nova confusão, Chichof acerta seu companheiro de equipe, Dilay e com eles vão cerca de 8 caminhões. Pinotti e Sampaio que saem ilesos, seguem na ponta e abrem do resto do pelotão. Após algumas voltas, Pinotti é ultrapassado por Torres que vem em uma corrida de recuperação. Com Machado em quarto e Souza em quinto, parecia que tudo estava se encaminhando para um final tranquilo, quando Galarda com um problema em seu equipamento acaba acertando Pinotti no final da reta. Com isto, Machado e Souza sobem uma posição com Almeida em quinto, mas por um problema de cálculo de combustível, almeida perde a quinta posiço para V. Garcia na última volta.
Sampaio que vai na posta, consegue administrar bem a distancia para Fernandez e vence a segunda bateria.
monza_bat2

Para detalhes sobre o campeonato, acesse no canto superior direito do nosso site o menu como nome do campeonato (Campeonato 05 – Super Trucks BR)
menu

E Semana que vem tem a Etapa de Curitiba Oval!

Encontro AV Race

A quinta-feira (29/11/2012), ficará para a história da AVRace, com o primeiro encontro do pessoal. Foi divertido, muitas gargalhadas, histórias e dicussões sobre assuntos diversos.
Este tipo de evento é bom para a aproximação do pessoal, pois a idéia aqui na AVRace é sermos amigos e não rivais (claro que na pista são outros 500 rsrsrsrs).

Os que não compareceram, foram lembrados, Lucas (O Japonês voador), Lacerda (que está sumido), Augusto (e sua equipe de Rally da VW (foi o Pinotti que contou)), Gabriel(“dizem” que anda muito rápido de fórmula), Paulo Sobrinho (Calma moço!! Até hoje tem gente que nao se conforma com a tua vitória em Laguna Seca de Super Clio hehehe), Leo Hecht (Joga com mouse, mas…. dizem que você falou o tempo inteiro na ultima corrida), Ricardo Souza (o Chichof não parava de falar em você), Irmãos Garcia (Car Nissa… de onde vcs tiram essas idéias???), Luiz Ferreira (novato mandando bem, e de joystick ainda), e outros que estão correndo com a gente hoje em dia. Também alguns alguns que não fazem mais parte da AV Race foram lembrados

Valeu muito a pena e faremos mais eventos, com certeza!

Conheçam alguns “Pilotos” da AVRace
DSCF1104 Editada

Equipes Super Trucks – Fernandez

Entra a última pintura para o nosso carset. É apintura do mais novo inscrito, Fernendez Torres. ele utilizará um Man TGX Nº30