Encerramento Campeonato Super Trucks BR 2012 – Etapa de Cleveland

Na noite do dia 17 de dezembro de 2012, foi disputada a última etapa do campeonato Super Trucks BR na pista de Cleveland.

Com 16 pilotos, incia-se o treino livre, para que sejam feitos os últimos ajustes para o qualify e corrida.

Hora do qualify e a diferença entre o 1º e o 7º colocado foi inferior a 1 segundo. Sampaio vai cedo pra pista e mesmo errando no primeiro setor, marca 1:28.600, em segundo fica o piloto V. Garcia a 0.025 seg de Sampaio.
qualy_cleveland

Na hora da largada, a surpresa… chuva. Todos pilotos lutando contra o tempo para mudar os ajustes dos caminhões.
Luz verde, e muito cuidado na largada. Alguns que tentam largar forte acabam rodando, outros esqueceram de trocar os pneus, e acabam indo para o box, mesmo assim não houveram incidentes graves. Os irmãos Garcia se aproveitam da boa largada e abrem do resto do pelotão, Dilay pula para terceiro com Sampaio em quarto, com uma última volta eletrizante, Ferreira ultrapassa Galarda na Última curva e passa em quinto. Galarda na tentativa de se recuperar, acelera forte, roda e perde mais duas posições, para Camizão e Restanho.
cleveland_bat1

Com o grid invertido entre os 8 primeiros, e muita chuva na segunda bateria, Restanho larga bem e segue na ponta seguido por Camizão, H. Garcia, Dilay e Sampaio. Após algumas voltas, Camizão comete um erro e roda, com isto acaba perdendo 3 posições, ficando em quinto lugar. Na última volta, H. Garcia, após um erro de Restanho, acaba encostando e pressionando, mas não ultrapassa. Sampaio também chega em Dilay, mas não há tempo para mais nada. Completa o pódio, Camizão
cleveland_bat2

Resultado da prova
resultado_cleveland

Com estes resultados, Sampaio que antes da prova, tinha 43 pontos de vantagem para V. Garcia, se sagra campeão do primeiro Campeonado de Super Trucks AV Race.

Campeão: Filipe Sampaio – Simel Racing
filipe_campeao

Vice-Campeão: Hugo Garcia – Car Nissa Racing
vinicius_vice

Terceiro Colocado: Ney Dilay – Ergus AV Racing
ney_terceiro

Classificação final do campeonato
pilotos

Como destaque entre os estreantes na AV Race, temos o piloto Luiz Ferreira
luiz_melhor_estreante

Classificação final dos estreantes
novatos

Entre as equipes, a grande campeã foi a Car Nissa Racing dos irmãos, Hugo e Vinicius Garcia.
car_nissa_campea

Ergus AV Racing dos pilotos, Ney Dilay e Rodrigo Chichof, foi a vice-campeã
ergus_vice

Na Terrceira Coloccação, ficou a equipe Abarth Racing, dos pilotos Luiz Ferreira e William Camizão.
abarth_terceiro

Campeonato Completo de equipes
equipes

Agradecemos a participação de todos os pilotos que estiveram com a gente neste campeonato, e esperamos vê-los no próximo ano, disputando freadas aqui na AV Race.

Em Breve estaremos divulgando a versão final do Mod de caminhões, incuindo todas as pinturas e pilotos participantes deste torneio no mesmo.

Videos da Etapa

Primeira Bateria

Segunda Bateria

Um pouco de História – Autódromo Cleveland

1024px-Cleveland_Street_Course_at_Burke_Lakefront_Airport.svg
O Grande Premio de Cleveland era um evento somente utilizado pela Champ Car World Series, que acontecia no Burke Lakefront Airport, em Cleveland, Ohio, Estados Unidos. A corrida de 2006, realizada em 25 de junho, marcou o 25 º aniversário do evento. Com a absorção da Champ Car para o rival Indy Racing League, a corrida de 2008 foi cancelada não sendo marcada, nenhuma prova para 2009 devido a obrigações contratuais. Tentaram retomar a corrida em 2010, mas tentativas de reviver a corrida em anos futuros não se concretizou, sendo assim, a última corrida foi realizada em 2007.

Normalmente, um aeroporto em pleno funcionamento durante todo o ano, Burke Lakefront Airport era fechada para a semana que antecedia o evento, exigindo manutenção cuidadosa das pistas, a fim de mantê-los seguros para carros em alta velocidade. Mesmo assim, para muitos pilotos, era uma das mais difíceis de dirigir na Champ Car, projetado para aeronaves e não carros de corrida leve, existia um grande problema de aderência, onde num carro monoposto é fundamental.

De acordo com a Convenção de Cleveland e Visitors Bureau, o Grande Prêmio do Cleveland arrecadou US $ 30-50 milhões para a economia Ohio Nordeste. 100.000-150.000 ingressos foram adquiridos normalmente, e 1.000 mídia passa distribuído, para três dias de festividades. A corrida era trasnmitida para o mundo inteiro. Havia shows de rock, concursos e desfile de carros oficiais. Em 2000 o desfile foi retirado, devido a um agente da Patrulha de Cleveland, que foi morto no cumprimento do dever.

Nenhum outro aeroporto ativos nos Estados Unidos sediaram um evento como esse, no momento, o que fez o Grand Prix de Cleveland único em todas as formas de automobilismo americano.

Originalmente conhecido como o Cleveland Budweiser 500, que foi realizado pela primeira vez em 4 de julho de 1982 como parte da série CART. Kevin Cogan largou da pole position, no entanto, para o delírio da multidão Cleveland, um piloto novato na época, Bobby Rahal (de Medina) venceu a corrida.

De 1982-1989, a corrida foi realizada em um layout de 2,48 milhas. Em 1990, a configuração de pista foi abruptamente mudada. Depois de treinos e qualificação, vários carros estavam avriados, devido à acidentes. Antes do início da corrida, a pista foi ligeiramente reconfigurada, eliminando a combinação da esquerda para a direita das curvas um e dois. A reta principal foi estendida para o local ando era a curva tres. O novo layout medido 2,369 milhas. O novo layout foi então adotado de forma permanente. O layout atual é conhecida por sua “vortex”, depois de dada a bandeira verde, os pilotos que se espalham sobre o concreto largo para ganhar a posição e depois chegar a curva, às vezes com cinco ou seis carros lado a lado, e todos são “sugados de uma vez para o buraco da T1, normalmente isto causa alguns acidentes acabando com a corrida na primeira curva.

O nome do evento mudou várias vezes ao longo dos anos para refletir o direitos patrocinadores da corrida, porém a partir de 1984 o evento foi conhecido principalmente como o Grand Prix de Cleveland. O nome foi mudado em 1992 para Grand Prix de Cleveland e se manteve o mesmo desde então.

Budweiser retidos direitos de nomeação a 1994. Baseada em Cleveland, uma rede de farmácias Medic Drug detinha os direitos 1995-1999, Marconi (agora telent plc) de 2000 a 2002, e os US Bank propriedade de 2003 a 2007. O nome completo do evento de 2006 foi Grand Prix de Cleveland apresentada por US Bank.

Em 2007, foi anunciado que a corrida de Cleveland até continuaria até 2012.No entanto, a corrida não retornou em 2008 com a fusão entre a Champ Car World Series e da IndyCar Series. Oa promotores da corrida precisavam de um patrocinador para trazer a corrida de volta para 2012, mas não conseguiram.

O Grande Premio de Cleveland teve como maiores vencedores, Danny Sulivan, Emerson Fittipaldi e Paul Tracy, cada um com três vitórias

Terceira etapa Super Trucks BR – Curitiba Oval

A corrida de Curitiba foi marcada por muitas ultrapassagens, grandes disputas e muitas discuções.

Pilotos na pista para o Qualify, Sampaio vai cedo para a pista e crava 0:57.1, H. Garcia passa mais rápido das 2 primeiras parciais, mas nao consegue baixar o tempo, fazendo 0:57.2, em seguida vem Dilay em quarto e Restanho em quinto.

Qualy encerrado, pilotos prontos…. luz verde e largada para a primeira bateria. Sampaio larga mal e é ultrapassado por H. Garcia e Restanho, mais atrás Hecht erra na freada e passa reto, mas não bate em ninguém, indo parar no muro, mesmo assim consegue voltar.
Enquanto isso lá na frente, Sampaio passa Restanho e vai a caça de H. Garcia, Dilay passa Fernandez e vai atrás de Restanho. As disputas intermediárias vão ocorrendo o tempo inteiro.
A primeira bateria acaba com a vitória de Sampaio, com H. Garcia em segundo, Restanho em terceiro, Dilay em quarto e V. Garcia em quinto
curitiba_bat1

Tudo pronto, e luz verde para a segunda bateria. Com o Grid invertido, Camizão larga na frente e se mantém, com V. Garcia em segundo e Carvalho em terceiro. Já na primeira curva muito caminhões juntos, mas sem toques. Carvalho cai para 6º, pois é ultrapassado por Dilay, Fernandez e Sampaio que seguem em busca da vitória, com uma ultrapassagem que gerou muitas discussões, Dilay passa por Fernandez com uma batida de porta na curva da vitória, Sampaio se aproveita e vem junto, depois de um erro de H. Garcia, Dilay passa por ele, mas Sampaio vem e faz uma ultrapassagem dupla, assumindo então a segunda posição. Duas voltas a diante, Sampaio passa por Camizão no final da reta, e com a tentativa de se recuperar, Camizão roda e é atingido por Dilay no “S” de baixa, caindo para a 7ª posição. A corrida segue com algumas disputas interessantes, principalmente entre Carvalho e Restanho, que acaba chegando a frente.
A Segunda bateria acaba com a vitória de Sampaio, Fernandez em segundo, Dilay em terceiro, V. Garcia em quarto e Restanho em quinto.
curitiba_bat2

Em Breve os Videos estarão disponiveis com as corridas na íntegra, na nossa área de vídeos, no menu superior do Site.

Semana que vem tem a ultima etapa em Cleveland EUA

Equipes Super Trucks BR – Mundo Truck Racing

Estão chegando as últimas equipes para a o Carset final. Esta é a equipe Mundo Truck Racing do piloto Marcos Amaral, ele pilotará o MAN TGX nº 19

Resultado Segunda Etapa Super Trucks BR – Monza Junior

A Etapa de Monza em seu traçado Junior foi marcada por algumas estreias e também por muitos acidentes nas largadas.

No Qualify, Hugo Garcia crava a pole com 1:05.300, seguido Torres a 0.025 de diferença. Em terceiro ficou Dilay, quarto Ferreira e quinto Restanho. O líder do campeonado, Sampaio, com alguns erros ficou somente com a sexta posição.

Sinal verde para a primeira bateria, com um toque entre Dilay e Fernandez, acaba desecadeando uma batida com alguns que vem de trás, mas Fernandez se mantém na ponta com H. Garcia que não tem nada a ver com o incidente em segundo e Restanho em terceiro. Sampaio largou tão forte que acabou batendo em Ferreira na largada, tendo um pneu furado. Sa Sequencia, no final da reta oposta, apos um toque com Gilberto, teve também um pneu traseiro furado e a suspensão quebrada.
Logo na primeria volta são mais de 8 pilotos nos pits fazendo conserto nos caminhões.
Com o decorrer da corrida, Restanho começa a tirar a diferença de H. Garcia, mas com um pneu furado, H. Garcia, tem que ir aos pits e compromete sua corrida.
A primeira bateria termina com Fernandez da ponta, Restanho em segundo, V. Garcia em terceiro, H. Garcia em quarto e completando o podio, Camizão com a quinta posição.
monza_bat1

Aproveitando a inversão dos 8 primeiros, Sampaio larga na frente com Pinotti em segundo e Sobrinho em terceiro.
Logo na largada uma nova confusão, Chichof acerta seu companheiro de equipe, Dilay e com eles vão cerca de 8 caminhões. Pinotti e Sampaio que saem ilesos, seguem na ponta e abrem do resto do pelotão. Após algumas voltas, Pinotti é ultrapassado por Torres que vem em uma corrida de recuperação. Com Machado em quarto e Souza em quinto, parecia que tudo estava se encaminhando para um final tranquilo, quando Galarda com um problema em seu equipamento acaba acertando Pinotti no final da reta. Com isto, Machado e Souza sobem uma posição com Almeida em quinto, mas por um problema de cálculo de combustível, almeida perde a quinta posiço para V. Garcia na última volta.
Sampaio que vai na posta, consegue administrar bem a distancia para Fernandez e vence a segunda bateria.
monza_bat2

Para detalhes sobre o campeonato, acesse no canto superior direito do nosso site o menu como nome do campeonato (Campeonato 05 – Super Trucks BR)
menu

E Semana que vem tem a Etapa de Curitiba Oval!

Equipes Super Trucks – Fernandez

Entra a última pintura para o nosso carset. É apintura do mais novo inscrito, Fernendez Torres. ele utilizará um Man TGX Nº30