“O DESAFIO” em Curitiba na Cat-A

Olá amigos da AVRace!

Primeira fase do Chase “O Desafio” é concluída, 4 pilotos caem e 12 continuam na briga pelo título.

Grab_029

Braian Vargas crava a pole na primeira bateria, seguido por Ribeiro e Barbosa
Na volta de apresentação ocorre o primeiro engavetamento, na reta oposta onde 5 caminhões ficaram danificados no final do grid.

Grab_030

Na maior parte praticamente todos os pilotos saem ilesos. Tivemos muitas disputas interessantes, e podemos destacar uma pega alucinante do 4º lugar ao 7º colocado, Dhow Tatto, Kudrevic, Eliel Sales e Bruno Barbosa aonde, durante várias voltas ficaram trocando as posições e farpas até uma parte final da corrida.

Bullet sofre um toque na traseira na reta que passa pela entrada do misto, salta na grama e se choca violentamente na mureta de proteção. A equipe de resgate chegou rápido ao local e ficaram surpresos ao ver Bullet sair sozinho e ileso do caminhão.

Grab_032

P. Henrique, estreando um novo equipamento em seu VW sofre um acidente no final da reta principal e abandona.

Agar_033

Sampaio que vinha conservando muito bem seu VW, acaba abandonando com um problema mecanico.

Grab_034

Bruno Barbosa se torna o destaque da noite, conseguindo levar seu VW para a terceira posição.

E com o maior numero de posições ganhas, temos Ney Dilay que ganhou 11 posições durante a corrida
20170112070523_1

E apesar de todo os problemas, Vargas vence uma primeira bateria da noite

Grab_035

  Assim fica a primeira bateria da noite:

 

Pódio Primeira Corrida
podio_c1

Resultado oficial

R1

UMA LEVE PAUSA E VAMOS A SEGUNDA BATERIA.

 

Braian Vargas novamente crava a pole position, seguido por Soares e Ivanovic.

Logo na largada, no “S”, o veterano Ney Dilay é espremido por Bullet e Olivo e acaba rodando.

Grab_036

A noite não estava boa para Sampaio, que depois de ter resolvido o problema da sua bomba injetora, agora se depara com um enrosco entre vários pilotos, e inevitavelmente se choca, volta a pista, mas o arrefecimento do seu VW é comprometido e o obrigada a abandonar a segunda bateria.

Grab_038Grab_039

L. Santiago que vinha numa excelente corrida, largando em 5º tem problemas em seus freios e é obrigado a abandonar.

Grab_040

Kudrevic, Eliel Sales e Alisson Soares também abandonaram uma prova.

E agora um momento chave na corrida. Vargas aparenta ter problemas nos freios, perde a primeira curva e Ivanovic se aproxima rapidamente.

Grab_041

Grab_042

Logo na seqüência, Vargas novamente espalha, abrindo caminho para Ivanovic assumir a ponta a minutos do fim da corrida.

Grab_043

Destaque da bateria para Olivo e Plynio Rego que escalaram 7 posições na corrida, cada um, garantindo assim um ponto extra
20170112070420_1

Ivanovic vence a segunda bateria, carimbando sua passagem para uma próxima fase Chase, seguido por Vargas, Ribeiro chega em terceiro, Barbosa em quarto e na quinta posição, devido a um problema na telemetria oficial da prova, fica com Oliveira e Zani

PÓDIO DA 2ª BATERIA:
podio_c2

Resultado oficial:

R1

 

AFUNILAMENTO DO CHASE

Com o fim da fase “O desafio”, 4 pilotos foram eliminados da grelha e 12 sobreviventes iniciaram a batalhas para “A contenção”.

Chase-ftruck-retro-cat-a

Vídeo completo da corrida

CHASE GRID PARA CAMPEONATO F-TRUCK RETRÔ

Olá amigos do AV!

A liga AV Race sempre procura novidades e inovações para nossos pilotos, e para o próximo campeonato da liga, que será de F-Truck Retrô anos 90, trouxemos uma novidade que vai incendiar o campeonato.

CHASE GRID

CHASE GRID

Essa novidade foi inspirada nos campeonatos modernos da NASCAR. O”Chase” tem como objetivo levar 6 pilotos brigando pelo título  na última corrida do campeonato. O sistema começa após a 3/10 etapas por “eliminação” . Os pilotos que vão caindo do “Chase” a cada duas etapas voltam para a tabela de pontos corridos, até a grande final.

Como funciona?

É simples, vejam:
No campeonato com 10 etapas (cada uma com duas baterias), teremos o seguinte:
Após as 3 primeiras etapas, os 16 primeiros da tabela entrarão no Chase.

1ª Fase:
Os 16 primeiros ficarão com 300 pontos na tabela, os demais com os pontos corridos obtidos até o momento, assim inicia-se a fase denominada “O Desafio” com duas etapas (4 baterias ao todo).

2ª Fase:
Dos 16 pilotos caem 4 e restam 12 Pilotos. Todos ficarão com 400 pontos na tabela, os demais, inclusive os que caíram do Chase voltam e seguem com a tabela de pontos corridos. Assim inicia-se a faze denominada “ Contenção” com duas etapas (4 baterias ao todo).
3ª Fase:
Dos 12 pilotos caem 4 e restam 8 Pilotos. Todos ficarão com 500 pontos na tabela, os demais, inclusive os que caíram voltam e seguem com a tabela de pontos corridos. Assim inicia-se a faze denominada “ Eliminação” com duas etapas (4 baterias ao todo).

4ª Fase- Grande Final
Dos 8 pilotos caem 4 e restam 4 pilotos para a final. Nessa fase, tirando-se os 4 que estão na final, pega-se os dois primeiros da tabela de pontos corridos de todo o campeonato até o momento, inclusive os pilotos que caíram ao longo do Chase, e a eles será dado o “WildCard”, passe esse que lhes dá duas vagas na final.

Assim a última etapa de bateria única teremos 6 pilotos na briga pelo título, eles entrarão na ultima etapa com os seguintes pontos:

600 pontos = Aos quatro que restaram do Chase
590 pontos= Aos dois que ganharam o “WildCard”
Será considerado campeão o piloto que dentre os seis, com os pontos inicias acima mais os conquistados na corrida, obtiver o maior número de pontos.
Para definição do vice-campeão, 3º colocado e assim por diante, será feito pela tabela de pontos corridos.
NOTA IMPORTANTÍSSIMA
– Com o início do Chase, após a terceira etapa, os vencedores de cada bateria em cada etapa, já garantem vaga na próxima fase do chase.

Fórmula Truck Retrô – Quarta Etapa C27

Os brutos das antigas, chegam para disputa a quarta etapa. Na pista de Goiânia, pista aonde foi registrado o maior publico da história da categoria, superando a incrível marca de 120 pessoas.
Pilotos na pista, e temos a volta de Reis à categoria, e já mostra para o que veio, marca a pole position na primeira etapa da noite, Barbosa larga em segundo e Sampaio em terceiro.
Bandeira verde, e lá vão eles, uma largada sem problemas, com os pilotos se respeitando muito na primeira curva.
GRAB_063
GRAB_065

Reis mantém a ponta, seguido por Barbosa e Sampaio. Sampaio e Alvarez, trava uma grande disputa pela terceira posição, aonde Sampaio conseguia aproveira muito bem a vantagem do Volks no miolo do circuito, e Alvarez usava toda potencia do seu Scania nos trechos de reta.
GRAB_067
GRAB_068

Destacamos a grande corrida realizada por P. Henrique, que levou seu Volvo para o primeiro pódio do campeonato.
GRAB_070

Após uma disputa intensa nas ultimas voltas, em Barsosa e Reis, o piloto do Volvo 51 eva a primeira corrida, com Barbosa em segundo, Sampaio em terceiro, Alvarez em quarto e P. Henrique em quinto
GRAB_069

Pódio da Primeira Corrida:
podio e4 c1

Resultado Oficial da primeira corrida:
rec e4 c1

Tudo pronto para a segunda corrida da noite, e Reis crava a pole novamente, dessa vez com Alvarez em segundo e Barbosa em terceiro.

Bandeira verde e os pilotos chegam na curva 1 com uma disputa incrível pela segunda posição, aonde Barbosa consegue assumi-la, e Sampaio pula pra terceiro.
GRAB_071
GRAB_072

A briga mais bonita dessa corrida, ficou por conta de Alvarez, Periolo, Benini, Henrique e Rego. Foram diversas voltas de briga intensa pela quarta posição
GRAB_073
GRAB_075
GRAB_074

O destaque dessa prova, ficou por conta do estreante em campeonatos Ricardo Ramos, que terminou a sua primeira corrida na categoria.
GRAB_076

Mesmo com uma pressão no final, Reis consegue vencer a segunda corrida da noite, com Barbosa em segundo, Sampaio em terceiro, Alvarez em quarto e Benini em quinto.

Pódio da segunda corrida
podio e4 c2

Resultado Oficial da segunda corrida:
rec e4 c2

Video completo da Quarta Etapa

Semana que vem tem a quinta etapa na pista de Interlagos no traçado Chicane do Café

Fórmula Truck Retrô – Terceira Etapa C27

A Fórmula Truck Retrô chega no Rio Grande, e desembarca no mais clássico dos autódromos, Tarumã, com seu traçado super veloz, os brutos das antigas vão para a pista e Buis estreando de Volvo, crava o melhor tempo na primeira corrida, seguido por Barbosa e Sampaio.

Tudo pronto para a largada e lá vão eles para os primeiros 25 minutos de adrenalina.
2015-11-15_00001
2015-11-15_00002
Tudo parecia tranquilo, até Sampaio perder o caminhão na saída da curva do Tala larga e acertar a barreira de pneus. Com isso Sampaio teve que ir ao boxes para reparos. Perdendo uma volta, Sampaio volta exatamente aonde estava, atrás de Barbosa, mas agora em 12º.
2015-11-15_00005 - Cópia
2015-11-15_00007

Sampaio então em uma grande corrida de recuperação, consegue levar sua máquina do mistério para a sétima posição.
Barbosa consegue aproximar de Buis, mas Buis sempre se aproveitando da potencia do Volvo na reta, acaba não dando chances a Barbosa.
Buis vence a corrida, seguido por Barbosa em segundo, Alvarez em terceiro, Plynio em quarto e Giancarlo em uma grande corrida em quinto.

Pódio da Corrida
podio e3 c1

Resultado Oficial da Corrida
res e3 c1

Um tempinho para descansar e vamos lá!! Tudo de novo!
Qualy para a segunda etapa, agora com 5 minutos.
Buis crava novamente a pole, seguido por Barbosa e Sampaio

Bandeira verde e já na largada um acidente, envolvendo 4 pilotos. Você pode ver esse acidente no vídeo criado por Franco Alvarez no final da postagem.
2015-11-15_00009
2015-11-15_00010
2015-11-15_00012
2015-11-15_00013

Essa corrida, diferente da primeira, tivemos algumas disputas bem interessantes, e destacamos:
– Benini e Henrique, disputaram por muito tempo a quarta posição, uma bela disputa
2015-11-15_00015

– Ferreira e Plynio, com um Scania bem avariado, Ferreira consegue segurar Plynio por muitas voltas, outra bela disputa
2015-11-15_00016

Enquanto isso, Buis, Barbosa e Sampaio vão embora e abrem do restante do grid. No final devido à disputas de posição entre retardatários, os ponteiros tem dificuldades, mas nada para mudar o resultado.
Buis com o Caminhão do “Monstro” Djalma Fogaça, vence as duas provas, fazendo o máximo de pontuação possível em um etapa, Barbosa chega em segundo, Sampaio em terceiro, Benini em quarto e Plynio, com uma grande recuperação, após largar em 13º chega em quinto.

Pódio da Corrida
podio e3 c2

Resultado Oficial
res e3 c2

Punição:
Fagner Ramos: Voltar perigosamente para a pista no qualy, colidindo com Plynio Rego, Fazendo com que o mesmo não consiga marcar tempo na classificação – Perda do direito de fazer o qualy na primeira corrida da próxima etapa.

Vídeo da corrida na íntegra:

Vídeo do acidente na segunda corrida:

Semana que vem, vamos para a quarta etapa no circuito de Goiânia